mynews

OURÉM_JANTAR DO PS

A estrutura de Ourém do Partido Socialista distribui uma nota à comunicação social, referente à recente realização do jantar de Reis, oportunidade que reuniu muitos dos seus militantes.

Segundo a mesma nota e passamos a citar “apesar do revés nas últimas eleições autárquicas, o PS continua atuante e interventivo pelos seus eleitos nas
freguesias e nos órgãos municipais, contando com a confiança dos cidadãos do nosso concelho, reforçando a
responsabilidade do PS Ourém na esfera
concelhia e nos próximos dois actos eleitorais que iremos enfrentar!, fim de citação.

Na mesma nota assinada pela Presidente do PS Ourém, Aura Fonseca, é referido que o Partido Socialista tem um passado, um presente e um futuro e que quer continuar a contribuir para o desenvolvimento integral do concelho e apoiar os anseios das populações, acrescentando que os cidadãos do concelho de Ourém conhecem e acreditam nas políticas do PS a nível local e em termos nacionais pelos resultados alcançados.

2019-01-16

ALVAIÁZERE_PRESIDENTE DA CÂMARA PROMOVE ATENDIMENTO DESCENTRALIZADO

Em Alvaiázere, a Presidente do Município, Célia Marques, prossegue o atendimento descentralizado pelas freguesias do concelho.

O próximo atendimento descentralizado será no dia 31 de Janeiro, na Junta de freguesia de Pelmá entre as 14h30 e as 17h00.

Os interessados deverão marcar o atendimento antecipadamente na Junta de Freguesia ou, em alternativa, na Câmara Municipal.


2019-01-16

OURÉM_FORUM ESTUDANTE 2019

O Município de Ourém, em parceria com os estabelecimentos de ensino de todo o concelho de Ourém e o Projeto de Empreendedorismo Social Inspiring Future, vai realizar o evento Fórum Estudante 2019.

Esta iniciativa, que vai decorrer no dia 25 de Janeiro entre as 9.30 e as 16 horas no Centro Municipal de Exposições, visa criar um momento anual em que os alunos do concelho entrem em contacto direto com instituições de ensino superior, obter informações sobre o acesso ao ensino superior, despertar atitudes empreendedoras e proativas e estratégias de tomada de decisão mais conscientes e informadas para o seu futuro escolar e profissional.

O evento passará por três vertentes: stands com a presença das instituições, atividades dos estabelecimentos de ensino concelhios e palestras e workshops que decorrerão no Cineteatro Municipal de Ourém, sala do 1º piso do Centro Municipal de Exposições e no auditório da Escola Profissional de Ourém.

2019-01-16

FÁTIMA_CONSOLATA MUSEU PROMOVE INICIATIVA LEVA-ME AO MUSEU

No âmbito da exposição temporária "CARGALEIRO, Poeta da Arte" patente no CONSOLATA MUSEU, a Liga de Amigos do Museu irá promover a iniciativa "Leva-me ao Museu! Workshop brincar com a Arte".

Destinada a crianças e suas famílias, a atividade pretende valorizar a criatividade e o imaginário infantil, incentivando o desenvolvimento de competências e prática da expressão artística. Após a visita interativa à exposição através de vários recursos, procurar-se-á que estas exprimam as suas vivências e conhecimentos adquiridos sobre o tema, através da sua expressão artística.

O workshop tem data marcada para o dia 26 de janeiro, sábado, às 15h30 e as inscrições deverão ser efetuadas até ao dia 25 de janeiro através do telefone 249 539 470.

A exposição está patente desde novembro de 2018, acolhendo pela primeira vez em Fátima trinta e dois trabalhos, entre serigrafias e litografias de vários períodos do mestre Cargaleiro. Encerrará ao público no domingo, dia 27 de janeiro.


2019-01-16

LEIRIA_TURISMO DO CENTRO QUER VOOS COMERCIAIS EM MONTE REAL

A decisão de construir um novo aeroporto internacional no Montijo não deve levar o Governo a desistir da adaptação para voos comerciais da Base Aérea de Monte Real, defendeu hoje o presidente da Turismo Centro.

“Abrir a base aérea de Monte Real a voos comerciais, possibilidade há muito defendida pelo Turismo Centro de Portugal e por destacados dirigentes políticos e empresariais do país, tem vantagens óbvias para a economia regional e é importante para a coesão territorial”, disse à agência Lusa Pedro Machado, lembrando que o Centro do país apresenta níveis de crescimento turístico superiores à média nacional.

A adaptação de Monte Real a voos comerciais “será rápida e relativamente barata”, garante Pedro Machado, que cita um estudo da firma alemã de consultoria estratégica Roland Berger, que aponta para um investimento de 25 milhões de euros em seis meses.

O presidente da Entidade Regional Turismo Centro, que agrupa cem municípios, garante que Monte Real reúne uma série de características que a tornam “a escolha óbvia” para receber voos comerciais, a começar pela proximidade do Santuário de Fátima, que só em 2017 atraiu sete milhões de visitantes, bem mais do que o número mínimo de 1,2 milhões de passageiros que tornam sustentável uma operação aeroportuária, segundo o Instituto Nacional de Aviação Civil.

“Monte Real não é alternativa ao Montijo, mas sim uma solução economicamente importante para o país e para uma região que não é servida até aqui por nenhuma estrutura aeroportuária”, defende Machado, adiantando que “é uma aposta que tem em conta a coesão nacional”.

O líder da Entidade Regional diz ainda que a adaptação de Monte Real seria uma maneira de valorizar uma região que tem respondido com coragem a um conjunto de catástrofes naturais que deixaram marcas na paisagem.

Pedro Machado pede ao Governo que tenha coragem política para apostar em novos pontos de desenvolvimento do país, em nome da coesão territorial.


2019-01-16

OURÉM_AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A VESPA VELUTINA

Irá decorrer no dia 25 de janeiro às 19:00h, no Auditório do Edifício-Sede do Município de Ourém, uma ação de sensibilização relativa à Vespa Velutina.

A vespa velutina nigrithorax, mais conhecida por vespa asiática, é uma espécie não indígena predadora da abelha europeia.
Os principais efeitos da presença manifestam-se em várias vertentes, sendo de realçar a apicultura, por se tratar de uma espécie carnívora e predadora de abelhas, afetando a produção do mel, e a produção agrícola, pelo efeito indireto na diminuição da atividade polinizadora das abelhas.
Para uma melhor identificação desta espécie por parte dos munícipes, tomará lugar uma ação de sensibilização relativa a este tema, tendo como orador o Dr. Henrique Azevedo Pereira, investigador do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra.

As Inscrições são obrigatórias e gratuitas, sendo no entanto limitadas, e poderão ser feitas através do e-mail smpc@cm.ourem.pt ou pelo contacto telefónico 249 591 125.

2019-01-16

ALVAIÁZERE_GOVERNO PEDE CRIATIVIDADE NA REVITALIZAÇÃO DO PINHAL INTERIOR

O Governo pediu hoje criatividade nas respostas inovadoras para a revitalização do Pinhal Interior, ao apresentar um concurso público que reserva um milhão de euros para apoiar iniciativas nesta área.

O apelo com esse objectivo foi assumido em Alvaiázere,pelo ministro-adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e pela ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, numa sessão em que a Portugal Inovação Social apresentou o concurso Parcerias para o Impacto para a Revitalização do Pinhal Interior.

“Temos boas notícias e razões de esperança na frente económica”, disse Pedro Siza Vieira, frisando, no entanto, que Portugal “precisa de ter respostas decisivas” também no plano social, designadamente nos 19 municípios abrangidos pelo concurso.

O ministro salientou que “o país não é todo igual” e que cada território, a começar pelos de baixa densidade demográfica da região Centro, especialmente os mais atingidos pelos incêndios de 2017, poderá inverter o ciclo de envelhecimento e perda de população com o incentivo do Estado à promoção de “respostas específicas”.

“Não é uma tarefa que se possa levar a cabo de uma vez só”, sublinhou.

Pedro Siza Vieira disse que estes territórios “são merecedores da mesma qualidade dos serviços públicos”, um factor que promove a igualdade de oportunidades e a coesão social.

No mesmo sentido, Maria Manuel Leitão Marques enfatizou a preocupação do Governo “com as regiões de baixa densidade” populacional e preconizou a aposta na modernização dos serviços públicos.

Nestas políticas, importa “medir os resultados” e o impacto social das soluções adoptadas, afirmou.

O interior, aliás, “foi sempre uma prioridade” do executivo liderado por António Costa, adiantou.

O Governo avança com o concurso Parcerias para o Impacto para a Revitalização do Pinhal Interior, mas “não deixando [a região] sozinha”, disse a ministra.

“Inovar não é inventar. É acrescentar, é adaptar ao nosso contexto”, afirma.

Manuel Manuel Leitão Marques desafiou as autarquias e as instituições representadas no auditório da Casa da Cultura de Alvaiázere a empenharem-se na criação de uma incubadora social nesta zona do Pinhal Interior, à semelhança da que já existe na Lousã, a Microninho, que envolve vários municípios e outras entidades.

No encontro, intervieram também a presidente da Câmara Municipal de Alvaiázere, Célia Marques, a gestora da Microninho, Liliana Simões, e o presidente da Estrutura de Missão Portugal Inovação Social, Filipe Almeida.

Os concelhos abrangidos pela iniciativa são Alvaiázere, Ansião, Arganil, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pedrógão Grande, Lousã, Mação, Miranda do Corvo, Oleiros, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penela, Proença-a-Nova, Sertã, Tábua, Vila de Rei e Vila Nova de Poiares, nos distritos de Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Santarém.




2019-01-11

ALVAIÁZERE_UM MILHÃO DE EUROS PARA REVITALIZAR O PINHAL INTERIOR

Alvaiázere vai acolher amanhã, dia 11 de janeiro, na Casa Municipal da Cultura, pelas 15 horas, a cerimónia de apresentação do concurso de financiamento de projetos de inovação social do Pinhal Interior, que contará com a presença da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Maria Manuel Leitão Marques, do Ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e do Secretário de Estado da Valorização do Interior, João Catarino.

O concurso, lançado no âmbito da Iniciativa Portugal Inovação Social e do Programa de Revitalização do Pinhal Interior, irá destinar 1 milhão de euros a projetos de inovação social que contribuam exclusivamente para a revitalização dos 19 municípios abrangidos por este programa, e que foram afetados particularmente pelos incêndios de 2017: Alvaiázere, Ansião, Arganil, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos, Góis, Pedrógão Grande, Lousã, Mação, Miranda do Corvo, Oleiros, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Penela, Proença-a-Nova, Sertã, Tábua, Vila de Rei e Vila Nova de Poiares.

O concurso tem como objetivo reforçar o esforço de desenvolvimento destes territórios, incentivando a criação e implementação de iniciativas de inovação e empreendedorismo social. Estas iniciativas devem testar ou implementar soluções inovadoras e replicáveis, que visem a resolução e mitigação de problemas sociais nas áreas do envelhecimento, saúde, educação, justiça, proteção social, inclusão e emprego. Serão igualmente financiadas a criação de incubadoras de inovação social.

O instrumento de financiamento utilizado no presente concurso é o das Parcerias para o Impacto onde 70% do valor total de investimento é assegurado pelo Fundo Social Europeu e pelo Orçamento de Estado através do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego. Os restantes 30% de investimento devem ser assegurados por um ou vários investidores sociais - públicos ou privados, refere uma nota de imprensa do Município de Alvaiázere.

Na mesma nota a câmara explica que se podem constituir como beneficiários as entidades privadas, as entidades da economia social como associações, IPSS’s, Fundações, cooperativas, misericórdias, e mutualidades, bem como associações e fundações públicas. O concurso abriu oficialmente no passado dia 08 de janeiro e o período de candidaturas terminará no dia 28 de fevereiro de 2019.

Até à data, a Portugal Inovação Social aprovou 225 projetos nas regiões do Norte, Centro, Alentejo e Algarve, num total de 30,7 milhões de euros. Os projetos apoiados foram aprovados no âmbito dos 6 concursos realizados ao abrigo dos instrumentos de financiamento Capacitação para o Investimento Social, Parcerias para o Impacto e Títulos de Impacto Social.

2019-01-10

MEDIO TEJO_MASSAGEM PARA BEBÉS

O Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, vai iniciar na Maternidade na Unidade Hospitalar de Abrantes, os Cursos de Massagem Infantil. O primeiro curso decorre nos dias 17, 24 e 31 de janeiro, das 17h00 às 19h00 e a 02 de fevereiro, das 10h00 às 12h00.

Os objetivos do Curso de Massagem Infantil passam por promover uma forma de comunicação privilegiada entre pais e bebés através do toque e aprofundar temas relativos ao funcionamento/desenvolvimento específico do corpo do bebé, refere o CHMT numa nota de imprensa.

O curso destina-se a pais e bebés dos 0 aos 12 meses O curso é dividido em 4 sessões com duração de 60 a 90 minutos, uma vez por semana e incluí massagem e discussões parentais sobre diferentes temas.

O TOQUE é a primeira forma de comunicar com o bebé. Os pais instintivamente tocam o seu bebé para o conhecer melhor, esta será a base do seu desenvolvimento, apenas os pais/família massajam os seus bebés.

As inscrições com limite de 8 bebés por sessão podem ser efetuadas através dos contactos: Telef: 241 360 700 | e-mail: fatima.pinho@chmt.min-saude.pt


2019-01-10

OURÉM_AÇÃO DE SENSIBILIZAÇÃO SOBRE A VESPA VELUTINA

Irá decorrer no dia 25 de janeiro às 19:00h, no Auditório do Edifício-Sede do Município de Ourém, uma ação de sensibilização relativa à Vespa Velutina.

A vespa velutina nigrithorax, mais conhecida por vespa asiática, é uma espécie não indígena predadora da abelha europeia.
Os principais efeitos da presença manifestam-se em várias vertentes, sendo de realçar a apicultura, por se tratar de uma espécie carnívora e predadora de abelhas, afetando a produção do mel, e a produção agrícola, pelo efeito indireto na diminuição da atividade polinizadora das abelhas.
Para uma melhor identificação desta espécie por parte dos munícipes, tomará lugar uma ação de sensibilização relativa a este tema, tendo como orador o Dr. Henrique Azevedo Pereira, investigador do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra.

As Inscrições são obrigatórias e gratuitas, sendo no entanto limitadas, e poderão ser feitas através do e-mail smpc@cm.ourem.pt ou pelo contacto telefónico 249 591 125.

2019-01-10

OURÉM_REMODELAÇÃO DA MAQUINARIA PESADA DA CÂMARA MUNICIPAL

A Câmara Municipal de Ourém dispõe, a partir do início do presente ano, de um novo trator,uma viatura pesada agora adquirida vem suprimir uma carência e contribuir para o melhoramento do serviço prestado na gestão de combustível, limpeza e manutenção de bermas e valetas, no concelho de Ourém.

Para além do trator, será, a curto-prazo, adquirida uma retro escavadora, cujo procedimento para a sua aquisição foi já aprovado na última reunião de Câmara.

Estas aquisição enquadram-se no plano de remodelação da maquinaria pesada ao dispor da Câmara Municipal e representam as primeira aquisições de máquinas pesadas nos últimos 15 anos, referiu o presidente durante a reunião de câmara.


2019-01-10

OURÉM_APROVAÇÃO DA REDUÇÃO DE 100% NO VALOR DA TARIFA DE LIGAÇÃO DE ESGOTOS DOMÉSTICOS

Foi aprovada na passada reunião de Câmara de 07 de janeiro, uma redução de 100% no valor da tarifa de ligação dos ramais às redes de esgotos domésticos.

Este procedimento tem por base a desejável universalização do acesso aos serviços de saneamento, por razões sociais, ambientais e de saúde pública, promovendo o acesso de todos os cidadãos e empresas do concelho ao serviço de saneamento existente, de acordo com a estratégia definida pela ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, refere o Município numa nota de imprensa.


2019-01-10

ALVAIÁZERE_FALECIMENTO DE VIDAL DUARTE PRESIDENTE DA JUNTA DE PELMÁ

A concelhia do PSD de Alvaiázere manifestou “grande pesar” pelo “falecimento do companheiro, militante, recordando-o como “uma pessoa altruísta, trabalhadora e
defensora assérrima das suas gentes”.

Vidal Duarte foi membro da assembleia municipal e desempenhou vários cargos na junta que agora presidia.

Numa nota publicada ontem na sua página do Facebook, os sociais-democratas realçam ainda que Vidal Duarte era “um dos empresários de sucesso em Alvaiázere que levava o nome de Alvaiázere além fronteiras”.

Para o PSD local que está de luto, este é “um dia triste para a social democracia”, uma vez que “o PSD de Alvaiázere e o concelho perdeu um grande homem”.

Num comunicado à imprensa, a Câmara Municipal de Alvaiázere manifestou ontem publicamente o mais profundo pesar pelo inesperado desaparecimento do Presidente
da Junta de Freguesia da Pelmá, Vidal Gomes Duarte, endereçando à família enlutada as mais sentidas condolências e decretando três dias de luto com a inerente
colocação a meia haste da bandeira do Município.

As cerimónias fúnebres realizam-se amanhã (quinta-feira 13) pelas 15horas na Igreja Paroquial de Pelmá. O corpo está em câmara ardente desde as 18h de hoje, na casa mortuária da Pelmá (junto ao cemitério).

Recorde-se que Vidal Duarte, de 42 anos, faleceu ontem de manhã vítima de uma descarga eléctrica no lagar de azeite de que era proprietário.

A viver em Pelmá, Vidal Duarte estava ligado às empresas Transportes Vidafil, Azeites Vidal & Filipe e Azeites Alvai­ázere. Tinha sido pai de uma menina no passado domingo.

2018-12-12

LEIRIA_FREGUESIAS APROVAM MOÇÃO EM DEFESA DA VALORIZAÇÃO DO PINHAL INTERIOR

A delegação distrital de Leiria da Associação Nacional de Freguesias (ANAFRE) aprovou a moção em “Defesa da Valorização do Pinhal Interior”, que apela, entre outros assuntos, à redução das portagens e à requalificação do Itinerário Complementar 8 (IC8).

Numa nota de imprensa, as freguesias informam que, após realização de uma reunião em Alvaiázere, foram apresentados “diversos temas de grande importância para toda esta região”.

Na moção, aprovada por unanimidade, são reivindicadas “soluções para os principais problemas que afectam estes concelhos”, nomeadamente a redução do valor das portagens na autoestrada 13 (A13), que atravessa os concelhos de Alvaiázere, Ansião e Figueiró dos Vinhos, e a requalificação urgente do troço do IC8 entre Pombal e Pontão, no concelho de Ansião.

No documento, a delegação de Leiria da ANAFRE alerta ainda para a necessidade de atracção de investimento económico e criação de emprego, para a discriminação positiva na rede educativa e redução do número de alunos por turma no ensino secundário/profissional e para uma aposta efectiva na valorização da floresta e no desenvolvimento do meio rural.

Manutenção dos centros/extensões de saúde e reforços dos profissionais de saúde e evitar o encerramento de serviços públicos nas sedes de concelho são outras reivindicações deixadas.

“Estes são temas/reivindicações há muito adiados e que urgem em ser implementados no terreno para tentar inverter a tendência de desertificação verificada nos últimos anos nesta região”, salienta a nota de imprensa.

A reunião serviu ainda para analisar vários projectos para 2019, nomeadamente a “organização de um encontro distrital de freguesias e a comemoração dos 30 anos da ANAFRE, que nasceu precisamente no distrito de Leiria, na freguesia da Benedita”, no concelho de Alcobaça.

2018-11-26

OURÉM_MUNICÍPIO APOIA CONSTRUÇÃO DE QUARTEL DOS BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DE FÁTIMA

A Câmara Municipal de Ourém aprovou um protocolo de colaboração com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima para a aquisição de terrenos onde será edificado o novo quartel da corporação. O documento foi aprovado na reunião de Câmara de 19 de novembro e prevê a atribuição de um apoio financeiro até 500 mil euros que incidirá nos anos económicos de 2018, 2019 e 2020 e a doação de um terreno camarário avaliado em 126 mil euros, que será a comparticipação do Município na construção do futuro quartel da associação.

Numa nota de imprensa o Município de Ourém reconhece a necessidade de dotar a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fátima com melhores recursos, nomeadamente a construção de um novo quartel que responda às necessidades da instituição e permita uma resposta mais eficaz no desempenho das suas funções em matéria de prevenção e socorro de pessoas e bens, citámos.

Para a concretização desta ambição antiga da instituição, será necessário adquirir os terrenos definidos para a edificação do quartel dos Bombeiros Voluntários de Fátima, terrenos que estão em conformidade com a construção pretendida, em observância aos instrumentos territoriais vigentes, refere o Município na mesma nota.

2018-11-21

OURÉM_BOMBEIROS DE CAXARIAS E FÁTIMA VÃO TER EQUIPAS DE INTERVENÇÃO PERMANENTE

A Câmara Municipal de Ourém aprovou, na reunião de 19 de novembro, as propostas de protocolo a celebrar com a Autoridade Nacional de Proteção Civil e com as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima para a constituição de duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP), que significam um investimento da autarquia no valor de 30.500 euros por entidade, ou seja, 61 mil euros anuais durante a vigência dos acordos.

A constituição de Equipas de Intervenção Permanente, à semelhança do que já acontece na Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém, tem como objetivo garantir prontidão na resposta às ocorrências que impliquem intervenções de socorro às populações e na defesa dos seus bens. Estas equipas permitem melhorar a eficiência da Proteção Civil e as condições de prevenção e socorro face a acidentes e catástrofes, mediante a valorização das
associações e corpos de bombeiros voluntários, enquanto verdadeiros pilares do sistema de proteção e socorro, refere o município numa nota enviada à comunicação social.

As Equipas de Intervenção Permanente são compostas por cinco bombeiros em regime de permanência e têm a exclusiva missão de assegurar serviços de socorro às populações, de acordo com o plano de trabalho elaborado pelo Presidente da Direção da associação, sob proposta do Comandante do corpo de bombeiros, explica ainda o Município.

Os custos decorrentes da remuneração dos elementos da EIP, bem como encargos relativos ao regime de Segurança Social e seguros de acidentes de trabalho, são compartcipados em partes iguais pela Autoridade Nacional de Proteção Civil e a Câmara Municipal de Ourém .

Os protocolos para constituição de Equipas de Intervenção Permanente nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários de Caxarias e Fátima são válidos por um período de três anos e renováveis automática e sucessivamente por igual período, caso não sejam resolvidos por qualquer das partes.

2018-11-21

POMBAL_TROÇO DO IC8 ONDE MORRERAM OITO PESSOAS VAI TER LINHA DUPLA CONTÍNUA

A Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou hoje a aplicação de medidas para evitar acidentes no troço de IC8, em Pombal, onde morreram oito pessoas em duas colisões frontais, com aplicação de linha contínua dupla e balizas rebatíveis.
Em comunicado enviado à agência Lusa, a IP afirma que no troço em causa, com cerca de dois quilómetros de extensão entre os quilómetros 33,7 e 35,8, ocorreram este ano seis acidentes, todos "colisões frontais e quatro delas em locais com linha contínua ou dupla contínua no eixo da via". A exceção foram os dois acidentes, na zona de São João da Ribeira, a 24 de setembro e 22 de outubro, que provocaram oito mortos e "ocorreram numa reta, com boa visibilidade e portanto com linha descontínua".

Embora a empresa responsável pelo IC8 - via que faz a ligação entre as autoestradas A17 e A23, atravessando os distritos de Leiria e de Castelo Branco - alegue que "não foi identificada a necessidade de realizar qualquer medida corretiva na infraestrutura, pois o troço em causa não apresenta deficiências", a IP avança um conjunto de medidas "com o objetivo de atuar ao nível do comportamento do condutor, tentando dissuadir comportamentos indevidos e
desadequados, nomeadamente excesso de velocidade e ultrapassagens mal calculadas".

As medidas, já em execução, incluem a aplicação de linha dupla contínua ao longo daquele troço do IC8 "com balizas rebatíveis de posição [pilaretes em material flexível] intercaladas com marcadores, bem como a colocação de dois painéis informativos adicionais com indicação da distância até uma zona de ultrapassagem".

As medidas preventivas, assinala a IP, "têm como objetivo impedir as ultrapassagens, contendo o veículo na sua via, bem como aumentar a visibilidade e legibilidade da estrada e consequente redução de falhas no comportamento dos condutores".

A Infraestruturas de Portugal lembra que no âmbito das suas competências de garantir condições de segurança e circulação na rede rodoviária nacional procede à inspeção de todos os locais onde ocorrem acidentes graves e que essas inspeções são realizadas por técnicos especializados que integram as equipas de Inspetores de Segurança Rodoviária (ISR).

"As conclusões decorrentes das inspeções realizadas apontam para que os acidentes não estejam relacionados com qualquer deficiência ou debilidade da infraestrutura, a qual em termos gerais se encontra em adequadas condições de operação e respeita os normativos técnicos para este tipo de estrada, mas sim por causas eventualmente imputáveis aos utilizadores, nomeadamente em manobras de ultrapassagem e velocidades praticadas não adequadas para aquele local", reafirma a IP.



2018-11-18

ABRANTES_REQUALIFICAÇÃO DO SERVIÇO DE URGÊNCIAS CUSTA 2.1 ME E AVANÇA NA PRIMAVERA

As obras de requalificação, modernização e expansão das Urgências Médico-Cirúrgicas no Hospital de Abrantes, do Centro
Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), vão custar 2,1 milhões de euros e começam na primavera de 2019, foi anunciado.

"A grande empreitada de requalificação das Urgências Médico Cirúrgicas vai começar a partir da primavera do ano que vem, estando orçada em cerca de 2,1 milhões de euros", disse hoje aos jornalistas o presidente do conselho de administração do CHMT, no âmbito de uma visita aos trabalhos de uma nova sala de observação clínica e da abertura do novo Hospital de Dia de Medicina Interna da unidade hospitalar de Abrantes, no distrito de Santarém.

Questionado sobre as garantias financeiras por parte do Governo para o investimento anunciado, Carlos Andrade afirmou que "todo o trabalho tem sido desenvolvido em consonância com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e com o Ministério da Saúde".

Sobre o atraso na requalificação das Urgências Médico-Cirúrgicas do Hospital de Abrantes, obras que foram anunciadas em várias ocasiões, Carlos Andrade apontou para "complexidades de ordem técnica" que condicionaram o desenvolvimento do projeto de intervenção, tendo, no entanto,
assegurado que os mesmos "estão concluídos e em fase de começar a preparar o caderno de encargos".

Acompanhado de profissionais de saúde, responsáveis de obra e da presidente da Câmara de Abrantes, o gestor mostrou o trabalho em curso de requalificação de uma sala para acolhimento de doentes e observação clínica em urgência, um investimento de 300 mil euros que deverá estar concluído em 20 de dezembro.

Já o novo Hospital de Dia de Medicina Interna, a funcionar desde a semana passada, teve um custo de cerca de 70 mil euros.

Estes dois investimentos inserem-se numa "fase prévia àquilo que é o trabalho de fundo de requalificação das Urgências Médico-Cirúrgicas do CHMT e que

servirão de ancoramento à expansão do Serviço de Urgências" deste hospital.

"A nova sala de observação clínica vai permitir acomodar os doentes com todas as condições de conforto e segurança, a par da observação clínica em urgência", adiantou Carlos Andrade.

O presidente do centro hospitalar destacou que i investimento a realizar no próximo ano vai permitir "adequar as Urgências Médico-Cirúrgicas às melhores práticas no âmbito do exercício de uma medicina segura, moderna e competente, e com as melhores condições, quer técnicas, para os profissionais de saúde, quer para os doentes".

A presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, que também preside à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, realçou a intervenção anunciada como um "passo decisivo" para "melhorar o acesso à urgência e aos cuidados de saúde hospitalares por parte de toda comunidade”.

Constituído pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, separadas geograficamente entre si por cerca de 30 quilómetros, o CHMT funciona em regime de complementaridade de valências, abrangendo uma população na ordem dos 260 mil habitantes de 11 concelhos do Médio Tejo, no distrito de Santarém, Vila de Rei e Castelo Branco, do distrito de Castelo Branco, e ainda dos municípios de Gavião e Ponte de Sor, ambos de Portalegre.

2018-11-18

FERREIRA DO ZÊZERE_PROFESSORA QUE AGREDIU ALUNOS VAI SER JULGADAA VEREADORA DO MOVE TOMA POSSE E ASSUME FUNÇÕES NO MUNICÍPIO DE OURÉM

O Ministério Público de Tomar deduziu acusação contra uma professora que durante o ano letivo passado, em Ferreira do Zêzere, terá agredido, por diversas vezes, os seus alunos de sete e oito anos com murros, bofetadas e com livros escolares.
Em comunicado, a Procuradoria da Comarca de Santarém afirma que a professora, com 40 anos, vai ser julgada perante tribunal coletivo, tendo o Ministério Público requerido que a arguida seja suspensa do exercício de funções se vier a ser condenada.

Num balanço dos processos finalizados na primeira quinzena de outubro pela secção especializada em violência doméstica do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Tomar (distrito de Santarém), a Procuradoria destaca quatro processos de violência doméstica ou crimes sexuais que considera socialmente mais relevantes e sobre os quais foi deduzida acusação para julgamento.

Além da professora, uma mulher de 20 anos à data dos factos (2016) foi acusada de ter praticado 37 crimes de abuso sexual de crianças, em Torres Novas e Entroncamento, sobre primos de 12 e 13 anos, com os quais vivia.

Outro processo que avança para julgamento reporta-se a um homem de 35 anos, doente com esquizofrenia paranoide e antecedentes de consumo de álcool e drogas, já condenado anteriormente por, durante o ano de 2017, em diversas crises psicóticas, ter agredido, ameaçado, injuriado e humilhado a mãe, com quem vivia, em Tomar, à qual retirava ainda parte da pensão.

Condenado nesse processo a pena de prisão suspensa na sua execução, o homem voltou a viver com a mãe e a praticar factos idênticos aos que tinham levado à condenação, “pelo que foi detido, preso preventivamente e agora acusado para julgamento perante tribunal singular”, afirma a nota.

Também para julgamento por tribunal coletivo, foi deduzida acusação relativa a um crime de coação sexual agravado praticado pelo tio-avô da vítima, uma menor com sete anos, em casa daquele, em Torres Novas, tendo o Ministério Público requerido que, em caso de condenação, seja atribuída justa reparação civil, acrescenta.

2018-10-18

FÁTIMA_DEPUTADOS DO PS QUESTIONAM GOVERNO SOBRE MEDIDAS PARA ALUNOS SEM VAGA NAS ESCOLAS DE FÁTIMA

Os deputados do PS eleitos pelo círculo de Santarém questionaram o Ministério da Educação sobre que medidas pretende adotar para permitir aos alunos residentes ou filhos de trabalhadores, sem vaga nas escolas em Fátima, o acesso às escolas nesta cidade, evitando deslocações e alternativas incomportáveis para as famílias.

Os socialistas recordam que o “ano letivo em curso ficou marcado pelo início da aplicação do despacho normativo
n.º 6/2018, de 12 de abril, que veio estabelecer um novo regime para os procedimentos da matrícula e respetiva
renovação e as normas a observar na distribuição de crianças e alunos.

No entanto,referem os parlamentares, no caso específico da cidade de Fátima, no concelho de Ourém, “com especificidades sociais e demográficas muito próprias, originou constrangimentos de acesso de muitas crianças e jovens aos
estabelecimentos escolares ali localizados, remetendo-os para alternativas e deslocações cujos trajetos e distâncias
são incomportáveis para as suas famílias”, revelam os parlamentares.

António Gameiro, Idália Serrão e Hugo Costa sublinham que a oferta escolar em Fátima se encontra “fortemente dependente dos estabelecimentos particulares e dos respetivos contratos de associação”. Assim, a conjugação dos novos critérios do despacho normativo, “com as limitações de turmas e vagas impostas aos contratos de associação ora celebrados, provocou a exclusão destas escolas de mais de uma centena de alunos”, denunciam.

Os deputados socialistas lembram ainda que Fátima não tem nenhuma oferta de ensino público do 2.ª ciclo de ensino básico ao ensino secundário.

Por reconhecerem e passamos a citar, “o forte empenho deste Governo no reforço e alargamento do acesso à educação em Portugal”, os parlamentares perguntaram à secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, se existe a possibilidade de alargamento do número de turmas e vagas previstos nos contratos de associação celebrados com os estabelecimentos de educação em Fátima, “colmatando as insuficiências da rede
pública naquela cidade”.


2018-10-18