mynews

OURÉM_PS DE OURÉM RECORRE DA DECISÃO DO TRIBUNAL SOBRE PAULO FONSECA

O PS Ourém anunciou hoje que mantém a confiança no cabeça de lista à Câmara, Paulo Fonseca, e que vai recorrer da recusa do Tribunal de Ourém em aceitar a
candidatura do ainda presidente, por
insolvência pessoal.

Numa nota enviada à Abc Portugal, o PS revela que "perante a aceitação, em primeira instância, da impugnação à elegibilidade do
candidato Paulo Fonseca”, informa-se “que será efetuado o adequado recurso, continuando o PS a reiterar a sua confiança na justiça que, também serena e autonomamente, julgará em conformidade".

O comunicado esclarece ainda que o PS mantém "toda a confiança política e pessoal no candidato a presidente da Câmara Municipal, Paulo Fonseca, por maioria de razão e depois de ter cumprido dois mandatos em que foi evidente a sua capacidade e competência para gerir as contas municipais e o concelho de Ourém".

A candidatura do PS salienta que está convicta de que o "concelho de Ourém continuará a progredir com a liderança de Paulo Fonseca, após a normal tramitação da lei e a definição final das listas candidatas às eleições autárquicas de 1 de outubro próximo".

Essa definição, diz o comunicado, "ocorrerá no final do corrente mês".

O PS "nunca agiu ou se afirmou
politicamente como a conhecida 'ansiedade do abutre'", refere ainda a nota de imprensa.

"Ao invés, temos pautado a nossa postura pela serenidade, defendendo equipas e projetos políticos, analisando com tranquilidade todas as situações, como deve ser apanágio dos responsáveis políticos", acrescenta.

O Tribunal de Ourém recusou a candidatura às eleições autárquicas do cabeça de lista do PS, Paulo Fonseca, que é o atual presidente da Câmara, por insolvência pessoal, disse hoje fonte judicial.

Segundo a mesma fonte, o juiz do Tribunal de Ourém considerou "inelegível" a candidatura do atual presidente do Município, Paulo Fonseca, que volta a concorrer pelo PS, desta vez para tentar um terceiro mandato.

2017-08-19

OURÉM_TRIBUNAL RECUSA CANDIDATURA DO CABEÇA DE LISTA DO PS EM OURÉM

O Tribunal de Ourém recusou a candidatura às eleições autárquicas do cabeça de lista do PS, Paulo Fonseca, que é o atual presidente da Câmara, por insolvência pessoal, disse fonte judicial à agência.

Segundo a mesma fonte, o juiz do Tribunal de Ourém considerou "inelegível" a candidatura do atual presidente do Município,Paulo Fonseca, que volta a concorrer pelo PS, desta vez para tentar um terceiro mandato.

Na base da decisão judicial está o "estado de insolvência pessoal" de Paulo Fonseca, justificou fonte do tribunal.

A Comissão Política Concelhia do PS de Ourém anunciou em fevereiro ter escolhido Paulo Fonseca para uma recandidatura à câmara que preside há dois mandatos, apesar do processo de perda de mandato que o autarca enfrentava na justiça.

O Ministério Público pediu o afastamento da presidência de Paulo Fonseca, 53 anos, há sete à frente da Câmara de Ourém, na sequência de um processo de insolvência pessoal, que envolve uma dívida de 350 mil euros, acrescidos de juros.

A insolvência pessoal foi confirmada pelo Tribunal Constitucional, que não viu qualquer ilegalidade na decisão do juiz de primeira instância, que já tinha declarado a insolvência do autarca.

Na Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, no artigo 6.º, referente às "inelegibilidades gerais", é referido que "são igualmente inelegíveis para os órgãos das autarquias locais os falidos e insolventes, salvo se reabilitados".

Para se poder recandidatar, Paulo Fonseca terá de chegar a acordo com os credores e sair da situação de insolvência pessoal. No
entanto, de acordo com a informação do Tribunal de Ourém, o autarca continua insolvente.

Informações recolhidas posteriormente pela ABC Portugal revelam que o PS de Ourém irá recorrer desta decisão judicial.


2017-08-19

FÁTIMA_SANTUÁRIO LANÇA APLICAÇÃO QUE AJUDA PEREGRINOS CEGOS A CONHECER FÁTIMA

O Santuário de Fátima anunciou o lançamento de uma aplicação que vai ajudar peregrinos cegos a percorrerem o espaço de forma mais autónoma, prestando informações práticas bem como descrições e notas históricas do local.

A aplicação móvel "Santuário de Fátima MyEyes", que pode ser usada através de um 'smartphone', vai permitir aos cegos receber descrições dos locais ou notas históricas quando entram em zonas mapeadas pelo projeto, para além de ter acesso a indicações práticas, como é o caso da localização das casas de banho, informou hoje o Santuário, em nota enviada à agência Lusa.

O projeto conta ainda com o mapeamento do itinerário jubilar do peregrino, que o cego "poderá percorrer de forma praticamente autónoma, assim como a via-sacra no Caminho dos Pastorinhos", referiu.

A aplicação, sublinhou o Santuário, tem como principal objetivo ajudar os peregrinos cegos "a fazerem a experiência do espaço" com "grande autonomia".

O Santuário de Fátima também anunciou hoje o lançamento de uma aplicação para todos os peregrinos, disponível nas sete línguas oficialmente usadas no espaço, e que procura garantir que cada pessoa possa "mais facilmente conhecer e experienciar este lugar".

A aplicação móvel, que é gratuita, contém informação sobre os espaços que se podem conhecer no Santuário, promove a difusão de orações "tipicamente fatimistas" e ainda disponibiliza os horários em vigor dos diferentes serviços do espaço e informações sobre eventos em agenda.

2017-08-17

FÁTIMA_CONSOLATA MUSEU COM VISITAS GUIADAS SEM PAGAMENTOS EXTRA EM AGOSTO

Durante o mês de agosto, o CONSOLATA MUSEU | Arte Sacra e Etnologia, em Fátima, irá oferecer aos seus visitantes visitas guiadas sem pagamentos extra. As visitas decorrerão de terça a sábado às 16h00, com a duração de 60 minutos. Não carecem de marcação prévia e não é necessário número mínimo de participantes.

Tutelado pelo Instituto Missionário da Consolata, este museu reúne uma vasta coleção de elevadíssimo interesse artístico e cultural, promovendo o encontro com a beleza, a arte, a história e a cultura.

Através das suas coleções de Arte Sacra, que espelham os diferentes passos da vida de Cristo, e de Etnologia, que fazem eco dos mais longínquos lugares relacionados com a Missão, o visitante é levado a contemplar as mais surpreendentes peças da cultura artística cristã e a tomar contacto com povos e culturas de todo o mundo. A sua ligação ao espaço onde se implanta aparece especialmente vinculada através do espólio relacionado com os videntes de Fátima apresentado na Sala dos Pastorinhos.

2017-08-17

LEIRIA_CONSTRUÇÃO DE ROTUNDA CORTA IC2 EM PORTO DE MÓS DURANTE UM MÊS

A construção de uma rotunda no cruzamento da Tremoceira, no concelho de Porto de Mós, no distrito de Leiria, vai levar ao corte parcial do Itinerário Complementar n.º 2 (IC2) durante um mês, informou o Município.

Numa nota enviada à agência Lusa, o Município de Porto de Mós explica que, entre segunda-feira e até 29 de setembro, "será implementado o corte total ao tráfego, no quilómetro 105 do IC2/EN1, no cruzamento com a Estrada Nacional (EN)242-4, que liga Cruz da Légua /Corredoura (Porto de Mós), de modo a permitir os trabalhos de construção da rotunda".

A autarquia esclarece que os trabalhos, bem como os desvios alternativos, encontram-se devidamente sinalizados e alerta para a possibilidade de se registarem congestionamentos à circulação rodoviária no atravessamento da zona onde decorrem as obras.

Assim, no sentido norte/sul, verifica-se o estreitamento da via da direita, redução de velocidade até 30 Km/hora e cortes dos ramos de acesso à EN242-4, Tremoceira, e de acesso à EN243, ambos no sentido Porto de Mós.

Além dos condicionalismos referidos, na direção sul/norte verificar-se-á também o desvio de veículos ligeiros, no sentido Porto de Mós.

Na EN243, direção Porto de Mós/Tremoceira, também se registará o corte de trânsito, ao quilómetro 3.350 (rotunda da Corredoura) com exceção do trânsito local.

Também no EN242-4, no sentido Tremoceira/Porto de Mós, está previsto o corte da circulação automóvel no entroncamento com a EN8 (Cruz da Légua) de acesso à Tremoceira, com exceção do trânsito local.

2017-08-17

FÁTIMA_SANTUÁRIO DE FÁTIMA PROMOVE JUBILEU DOS JOVENS A 9 E 10 DE SETEMBRO

O prazo para a inscrição no JubJovem, iniciativa do Santuário de Fátima no âmbito da celebração do Centenário, vai ser prolongado até dia 31 de agosto, procurando que todos os jovens, grupos ou movimentos possam ter a possibilidade de se inscreverem sem constrangimentos.

A inscrição é gratuita, mas obrigatória, para efeito de atribuição do “Kit JubJovem” e deverá ser realizada através dos secretariados diocesanos da pastoral juvenil, bem como diretamente no Santuário de Fátima, através do email jovens@fatima.pt e do site jubjovem.fatima.pt.

Recordamos que o JubJovem, entre 9 e 10 de setembro, é uma festa para a qual são convidados todos os jovens entre os 16 e os 35 anos. Desenvolvido em parceria com o Departamento Nacional da Pastoral Juvenil, envolvendo todos os secretariados diocesanos da pastoral juvenil e movimentos de juventude católicos, terá como tema “O segredo da paz, o caminho do coração”.

O programa começará às 17h00 de sábado, na Capelinha das Aparições, seguindo-se um momento de reflexão sobre a relação entre Maria e a paz, na Basílica da Santíssima Trindade, orientada pela irmã Ângela Coelho, ex-postuladora da Causa de Canonização de Francisco e Jacinta. Às 21h30, será a oração do Rosário e a Procissão de Velas.

Um dos momentos altos será, depois, o Festival da Paz, com a participação especial de António Zambujo e Miguel Araújo. E a noite será de caminhada e silêncio, em direta até novo encontro sobre a paz como dom e compromisso.

No domingo, às 10h00, os participantes reunir-se-ão no Recinto de oração do Santuário para participar no Terço, na Missa, no rito de envio do Jubileu e na Procissão do Adeus, que encerra este JubJovem Fátima 2017.

2017-08-17

OURÉM_COLIGAÇÃO OURÉM SEMPRE VAI IMPUGNAR ELEGIBILIDADE DO CANDIDATO DO PS

A Coligação Ourém Sempre PPD/PSD/CDS-PP deliberou impugnar a elegibilidade do candidato Paulo Fonseca, indicado pelo PS para integrar a lista à Câmara Municipal de Ourém nas eleições autárquicas, foi hoje anunciado.

Segundo refere a nota de imprensa da coligação, a impugnação é fundamentada por uma certidão, datada do dia 08 de agosto, emitida pelo Tribunal de Santarém, "que declara que Paulo Fonseca se encontra insolvente, com decisão transitada em
julgado, e que o mesmo processo de insolvência não se encontra encerrado".

"Desconhece-se sentença que o tenha reabilitado", acrescenta a mesma nota.

A Coligação Ourém Sempre cita ainda a Lei Eleitoral dos Órgãos das Autarquias Locais, que considera "inelegíveis para os órgãos das autarquias locais os falidos e insolventes" e refere que "aguardará serenamente pela decisão judicial, deixando à Justiça o que é da Justiça, mantendo o foco na defesa intransigente do concelho de Ourém."

Para a candidatura de Paulo Fonseca, "já era previsível que a coligação PSD/CDS viesse tentar impedir a candidatura do PS".
"Chama-se a isso tentar ganhar na secretaria aquilo que lhes parece impossível de acontecer na eleição, em face das sondagens e da evidente simpatia dos cidadãos do concelho pelo candidato Paulo Fonseca e pelos candidatos do PS", refere uma nota da candidatura socialista.

O comunicado do PS acrescenta que "a situação não se coloca como se verificará no dia 25 de agosto, dia em que serão afixadas as listas definitivas, nos termos da Lei".

"Se o mandatário da candidatura for notificado a legitimidade da mesma será afirmada. Lamentamos que as eleições autárquicas não sejam disputadas num ambiente de balanço do trabalho de cada um e na discussão de propostas para a resolução dos problemas do concelho e,
ao contrário, alguns optem por confundir as pessoas com golpes de secretaria."

O PS garante ainda que os "seus candidatos estão tranquilos e cientes da razão que os assiste e, assim, promoverá as necessárias
diligências para o demonstrar perante o tribunal, no qual confia".

Segundo o PS, "o que está em causa nestas eleições é projetar o futuro do concelho, encontrar os representantes adequados para o fazer e responder politicamente perante a estratégia necessária para o alcançar com a dignidade e a ambição que o concelho de Ourém merece"..

2017-08-11

LEIRIA_MUNICÌPIO IDENTIFICOU 157 EDIFÍCIOS DEVOLUTOS E DEGRADADOS EM 2017

O Município de Leiria identificou 157 edifícios devolutos e degradados durante o ano de 2017, segundo informação da autarquia.

A autarquia adianta que foram identificados na Área de Reabilitação Urbana (ARU) do Centro Histórico 132 edifícios devolutos e oito edifícios degradados e, na ARU Nossa Senhora da Encarnação, foram detetados 17 edifícios devolutos.

Segundo o documento, como edifícios devolutos são aqueles que "estão desocupados há mais de um ano e em que se verifica ausência de contratos ou faturação de água com os SMAS" (Serviços Municipalizados de Água e Saneamento).

Devem considerar-se edifícios degradados "aqueles que, tendo sido objeto de vistorias, se comprove que não cumprem satisfatoriamente a sua função ou estão a pôr em causa a segurança de pessoas e bens e cujos proprietários não deem resposta às notificações", explica a Câmara de Leiria.

O Município de Leiria vai agora divulgar a lista dos imóveis em causa, para posterior notificação dos respetivos proprietários, que terão um agravamento do Imposto Municipal sobre Imóveis.

Os proprietários podem ainda exercer o direito de audição prévia.

2017-08-11

LEIRIA_MUNICÍPIO VAI COORDENAR PROJETO INCLUSIVE PARA JOVENS COM NECESSIDADES EDCATIVAS ESPECIAIS

O município de Leiria vai coordenar um projeto inclusivo de transição para a vida pós-escolar, em conjunto com o Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira, que procura a integração profissional de jovens com necessidades educativas especiais, anunciou hoje a autarquia.

O projeto "Futuro Já" pretende dar resposta a desafios que incidem "na necessidade de uma escola cada vez mais inclusiva",
promovendo a "igualdade de oportunidades de formação e emprego para todos", adianta uma nota de imprensa do município de Leiria.

Esta iniciativa tem ainda como objetivo "prevenir riscos de marginalização que podem resultar da falta de saídas profissionais, uma vez finda a escolaridade obrigatória".

Segundo o município, o projeto "passa por estabelecer uma plataforma de partilha de informações relativas ao mundo do trabalho, do emprego e da formação profissional, procurando a integração pós-escolar de jovens” com necessidades educativas especiais.

A coordenação do protocolo é da responsabilidade do Município de Leiria e do Agrupamento de Escolas Domingos Sequeira, podendo associar-se ao projeto, por convite, outros agrupamentos de escolas ou escolas de diferentes níveis de ensino, entidades públicas ou privadas que desenvolvam atividade na área da formação e do emprego.

A autarquia informa que já são associados do projeto “Futuro Já” a Escola Secundária Francisco Rodrigues Lobo, a Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, o Agrupamento de Escolas Henrique Sommer, o Instituto do Emprego e Formação Profissional, o CENFOR - Marinha Grande, o CEERIA - Centro de Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça, a ACILIS - Associação de Comércio, Indústria e Serviços da Região de Leiria e NERLEI - Associação Empresarial da Região de Leiria.

2017-08-11

FÁTIMA_SANTUÁRIO RECEBE CORO REGINA COELI NUM CONCERTO DE MÚSICA SACRA

No próximo dia 13 de agosto a Basílica de Nossa Senhora do Rosário acolhe o Coro Regina Coeli, pelas 15h30, para um concerto intitulado “Rainha dos Céus, Alegrai-vos”, todo ele centrado no louvor a Nossa Senhora.

A iniciativa, no âmbito da celebração do Centenário das Aparições, está inserida no Ciclo de Música Sacra e oferece aos peregrinos recentes versões musicais da famosa antífona mariana Regina Coeli.

Na primeira parte do concerto, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, o Coro irá apresentar peças marianas compostas no sec. XX, com estéticas variadas, mas tendo em comum o louvor à Mãe de Deus.
A segunda parte deste concerto é dedicada à encomenda intitulada de “A presença mais pura: 5 Poemas para um Regina Coeli”, estreada em Lisboa a 8 de julho de 2017, para assinalar os 50 anos do grupo.

O maestro que dirige o Coro, Pedro Miguel, é licenciado em Direção Coral e Formação Musical pela Escola Superior de Música de Lisboa, frequenta atualmente o mestrado em Direção Coral.

No órgão estará Sérgio Silva, professor de órgão no Instituto Gregoriano de Lisboa onde também começou os seus estudos. É organista titular da Basílica da Estrela e da Igreja de São Nicolau, em Lisboa. Como organista, tem-se apresentado a solo em vários pontos do país e em Espanha, Inglaterra, França e Itália.

A entrada no concerto é livre.

2017-08-11

ALVAIÁZERE_MUNICÍPIO ALERTA PARA FALSOS PEDIDOS DE RECOLHA DE ÁGUA PARA ANÁLISE

Os cidadãos de Alvaiázere estão a ser contactados telefonicamente no sentido de procederem à recolha de água para análise, mas tratam-se de falsos contactos advertiu o município.

Numa nota de imprensa, a Câmara de Alvaiázere,alerta que a autarquia, responsável pelo abastecimento de água à população, não promove recolhas de água para análise em casas de particulares e não tem conhecimento de qualquer tipo de iniciativa do género a ser promovida por parte de outra entidade com responsabilidade nesta matéria.

Nesse sentido, estes factos já foram denunciados às forças de segurança e alerta a população para não acederem a qualquer pedido deste tipo, devendo contactarem de imediato a Guarda Nacional Republicana, conclui a nota da autarquia.

2017-08-11

PENELA_CÂMARA ASSEGURA TRANSPORTE GRATUITO PARA A PRIA FLUVIAL DA LOUÇAINHA EM AGOSTO


O município de Penela volta a disponibilizar este ano, durante o mês de agosto, às segundas, quartas e sextas-feiras, transporte gratuito de diversas localidades para a praia fluvial de Louçainha, anunciou a autarquia.

A iniciativa visa proporcionar o acesso de toda a população à praia fluvial do concelho, no distrito de Coimbra, durante a época balnear, explica a Câmara, referindo que a marcação de lugar nos autocarros é feita em função da ordem de chegada dos passageiros, cujo número está sujeito aos lugares disponíveis.

“Enquadrada na serra do Espinhal, rodeada de natureza e paisagens aprazíveis” a Louçainha dispõe designadamente de um restaurante, de uma ‘fluvioteca’ e de um polo da Biblioteca Municipal de Penela, na qual é possível ler e requisitar livros e publicações periódicos.

2017-08-11

ALVAIÁZERE_MUNICÍPIO ASSEGURA FINANCIAMENTO PARA INVESTIMENTO DE MAIS DE UM MILHÃO DE EUROS

O Município de Alvaiázere vai investir mais de um milhão de euros na criação da Plataforma Empresarial de Alvaiázere e na beneficiação e alargamento da Zona Industrial de Tróia, anunciou a autarquia.

Estes projetos representam um investimento total de 1,1 milhão de euros, onde se incluem os valores da empreitada e da execução do respetivo projeto, e têm uma comparticipação de fundos comunitários que ascende a 720.000 euros.

Uma das intervenções prevê a reabilitação do edifício da antiga escola básica de Alvaiázere com o objetivo de criar um espaço de dinamização de atividades económicas, através do acolhimento de iniciativas produtivas, em complementaridade ao já existente.

Este equipamento terá capacidade de alojamento para empresários e empreendedores que queiram desenvolver os respetivos negócios em Alvaiázere e possibilitará uma oferta de camas que potencie novas dinâmicas locais, nomeadamente através da possibilidade de se rentabilizarem outros equipamentos públicos, como os desportivos, através, por exemplo, do acolhimento de estágios ou de competições desportivas.

A outra candidatura visa a beneficiação e alargamento da Zona Industrial de Troia, onde será criada uma zona vocacionada ao acolhimento empresarial, "colmatando-se, desta forma, a necessidade imperiosa de ter condições para a instalação de empresas e, particularmente, de indústria", refere a nota do Município.

Os projetos estão inseridos no "Programa Alvaiázere +", que pretende "fomentar um verdadeiro ecossistema ‘amigo’ das empresas, dos seus empresários e dos empreendedores", que coloque Alvaiázere no radar dos investidores e empreendedores, e que potencie a criação de mais oportunidades de emprego no concelho.

2017-08-11

TORRES NOVAS_TRANSPORTE A PEDIDO CHEGA AO CONCELHO

O projeto de mobilidade "Transporte a pedido" já está ao dispor dos cidadãos do concelho de Torres Novas.

O serviço de "Transporte a Pedido", desenvolvido pela CIMT, pretende "complementar a oferta de transporte público regular existente" nos municípios daquela região do distrito de Santarém e onde as reservas são efetuadas através de chamada gratuita para o número de telefone 800 209 226, até às 15:00 do dia útil anterior ao dia da viagem.

No caso de Torres Novas, haverá cinco circuitos a funcionar, três dias por semana (segundas, terças e quintas-feiras, exceto feriados), para servir as populações. São eles o circuito de Brogueira e Alcorochel, circuito de Assentis e Paço, circuito de Olaia, circuito de Zibreira e Parceiros da Igreja, e circuito de Chancelaria e Pedrógão.

As paragens estarão identificadas com o símbolo do "Transporte a pedido", circuitos e horários definidos. O serviço será realizado por táxis que apresentarão um dístico identificativo e todos os circuitos têm hora de chegada a Torres Novas às 9:00 e partida do mesmo local às 12:45, sendo o bilhete cobrado pelo motorista, com tarifas que variam de acordo com a distância entre a origem e o destino.

O projeto "Transporte a pedido" no Médio Tejo é pioneiro a nível nacional na experimentação de novas soluções de transporte público adaptadas às zonas de baixa densidade populacional e, na região da CIMT, já funciona nos concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

2017-08-11

ALVAIÁZERE_GOVERNO SUSPENDE APLICAÇÃO DE PLANO DE AJUSTAMENTO FINANCEIRO DE ALVAIÁZERE

O Governo suspendeu a aplicação do plano de ajustamento financeiro na Câmara Municipal de Alvaiázere, no distrito de Leiria, face às boas contas do município, informou a autarquia.

A suspensão do plano de ajustamento e das suas obrigações foi decretada através de despacho conjunto do secretário de Estado das Autarquias Locais e do secretário de Estado do Tesouro, sendo que a decisão deveu-se "à gestão financeira rigorosa do executivo" e "ao cumprimento do limite de dívida evidenciado no ano de 2016", anunciou o município, em nota de imprensa.

Em 2012, a Câmara de Alvaiázere aderiu ao Plano de Apoio à Economia Local (PAEL) para conseguir liquidar a dívida a fornecedores e aliviar a própria "tesouraria das empresas com atividade no território", explana o comunicado.

Em contrapartida, o município teve também de cumprir um "plano de ajustamento financeiro, que limitou a autonomia da ação da Câmara Municipal, no quadro das suas competências".

Para além da decisão do Governo de suspender o plano, a Câmara de Alvaiázere sublinha ainda, na nota de imprensa, que, no final de mês de julho, o município foi considerado pela Ordem dos Contabilistas Certificados o oitavo com maior equilíbrio orçamental a nível nacional.

2017-08-11

FÁTIMA_VISITA DO PAPA TEVE IMPACTO ECONÓMICO A RONDAR OS 20 MILHÕES NO EIXO OURÉM-FÁTIMA

A visita do papa Francisco ao Santuário de Fátima teve um impacto económico a rondar vinte milhões de euros nas localidades de Fátima e Ourém, revelou hoje à Lusa o presidente da Turismo Centro, Pedro Machado.

"A visita do Santo Padre excedeu todas as expectativas. Fátima assumiu a sua condição de altar do mundo e projetou Portugal no turismo religioso a nível mundial, trazendo até nós peregrinos de todo o mundo", resume Pedro Machado, citando dados de um relatório de avaliação à visita do papa conduzido pela Entidade Regional de Turismo do Centro e pela ACISO (Associação Empresarial Ourém-Fátima).

O responsável pela Turismo Centro não esconde a surpresa pelo facto de Portugal surgir apenas na nona posição dos "mercados emissores de turistas" para Fátima, lista que é encabeçada pelo Brasil. Seguem-se os Estados Unidos da América, a Coreia do Sul, a Espanha e a Polónia.

O relatório centrou-se no período de 9 a 15 de maio e abordou diversas vertentes económicas relacionadas com a visita do líder da igreja católica, que canonizou os pastorinhos Francisco e Jacinta durante as celebrações do centenário das "aparições" em Fátima.

Segundo dados fornecidos por Pedro Machado, a visita gerou 4,5 milhões de euros em alojamento, 1,5 milhões em refeições e ainda mais dez milhões em vendas na zona do Santuário e nas duas localidades abrangidas pelo estudo.

Nas máquinas Multibanco situadas no Santuário e zonas limítrofes foram feitos levantamentos num valor total de 2,3 milhões de euros entre 9 e 15 de maio, segundo dados fornecidos pela SIBS, entidade que gere a rede de caixas automáticos portuguesa. No mesmo período foram feitas transações com cartão multibanco num valor total superior a 2,4 milhões de euros.

A taxa de ocupação das unidades hoteleiras da região foi de 86 por cento (um aumento de sete por cento em relação a 2016), com o preço do quarto a atingir uma média de 93 euros.

"Não se confirmaram assim os piores receios relativamente ao preço dos quartos", sublinha Pedro Machado, lembrando a publicação de notícias que denunciavam a existência de hotéis que estariam a pedir dois mil euros por quarto durante a visita do papa.

Dados fornecidos pela Associação Rodoviária de Transporte de Passageiros apontam para um aumento de 174 por cento (em relação a 2016) no número autocarros que transportaram peregrinos para Fátima.

"Os números impressionantes da visita de Sua Santidade reforçam a pretensão do Centro de adaptar a Base Aérea de Monte Real para voos comerciais", diz Machado, lembrando que Fátima "é a única cidade-santuário que não é servida por um aeroporto".

O presidente da Turismo Centro deixa a pergunta: "Qual seria o impacto da visita do papa Francisco a Fátima se a região Centro fosse servida por um aeroporto"?

O presidente da Turismo Centro tem pedido reiteradamente ao Governo que não seja tomada "uma decisão precipitada" sobre o novo aeroporto no Montijo, apresentando como alternativa a adaptação para voos comerciais da Base Aérea de Monte Real.

Pedro Machado apelou ao primeiro-ministro, António Costa, que não permita que seja tomada qualquer decisão definitiva sobre a localização do novo aeroporto antes de ser "devidamente estudada a hipótese Monte Real (Leiria)", base aérea situada na única região plano do país que não é servida por uma infraestrutura aeroportuária.

"Digam-nos por que razão não querem estudar a possibilidade de instalar o novo aeroporto em Monte Real. E digam-nos também por que razão insistem numa solução mais cara e que não tem em conta a coesão nacional, como é o Montijo", apela Pedro Machado.

O papa Francisco visitou Fátima de 12 a 13 de maio, no âmbito das comemorações do centenário das “aparições”.


2017-07-15

LEIRIA_SEIS PESSOAS CONSTITUIDAS ARGUIDAS PO SUSPEITA DE FRAUDE AO SNS

Seis pessoas - um farmacêutico, um gerente de farmácia e quatro médicos - foram constituídos arguidos por suspeitas de fraude ao Serviço Nacional de Saúde, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

Em nota de imprensa, a PJ informa que deteve um farmacêutico, de 45 anos, proprietário de duas farmácias, tendo o suspeito ficado sujeito à obrigação de permanência na habitação, à proibição de contactos com os coarguidos médicos e à suspensão do exercício da função profissional de farmacêutico, depois de ter sido presente a primeiro interrogatório judicial.

No âmbito da operação 'Vida Ativa' do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ, foram constituídos outros cinco arguidos.

Além do farmacêutico, os restantes arguidos são um gerente de farmácia e quatro médicos. Todos estão "fortemente indiciados pela prática dos crimes de burla qualificada ao Estado, falsificação de documentos agravada e de corrupção".

Segundo a nota da PJ, "de acordo com os abundantes elementos probatórios recolhidos, a atividade criminosa consistia num esquema fraudulento de venda fictícia, massiva, com apresentação indevida de receituário para medicamentos com elevado valor de comparticipação pago pelo Estado, revertendo o lucro para os arguidos".

Até ao momento e nos últimos cinco anos foi apurado "um valor de fraude ao SNS não inferior a três milhões e quatrocentos mil euros".

Segundo a PJ, foram realizadas cinco buscas domiciliárias e 15 não domiciliárias em duas farmácias, em Abrantes e em Lisboa, e em seis consultórios médicos em Abrantes, Ourém, Oliveira de Frades e em Coimbra.

O inquérito foi conduzido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal do Ministério Público, com a colaboração do Centro de Conferência de Faturas do Ministério da Saúde.


2017-07-15

LEIRIA_MÉDICO E FARMACÊUTICO ACUSADOS DE FALSIFICAÇÃO E BURLA QUALIFICADA

O Ministério Público de Leiria acusou um médico e um farmacêutico dos crimes de falsificação de documentos e burla qualificada, anuncia a página oficial da Comarca de Leiria.

Segundo a nota publicada, além dos dois acusados foi também constituída arguida uma pessoa coletiva, sendo todos suspeitos de terem lesado o Estado em mais de 36 mil euros.

De acordo com o despacho do Ministério Público, na área da comarca de Leiria, entre 01 de janeiro de 2011 e 30 de julho de 2015, os dois arguidos, "de comum acordo e em harmonia com o plano delineado,
diligenciavam pela emissão de receitas médicas eletrónicas, através do sistema de informático" do Ministério de Saúde, sem ter existido qualquer ato médico subjacente e sem qualquer fornecimento de medicamento".

O receituário era depois entregue ao Centro de Conferência de Faturas para processamento de conferência de faturas e apuramento dos valores devidos pelo Serviço Nacional de Saúde à arguida sociedade".

Os arguidos visaram "defraudar o Estado", refere o despacho.

O Centro de Conferência de Faturas, "acreditando que o fornecimento e compra e venda dos medicamentos em causa havia sido efetivamente realizado pela sociedade a favor do utente inscrito na receita, realizava operação de validação do receituário e das faturas".

O Serviço Nacional de Saúde ordenava então o pagamento do valor das faturas mensais entregues no mês anterior.

"Por força de emissão, entrega e validação das citadas receitas o Serviço Nacional de Saúde procedeu ao pagamento do valor global de 36.492,68 euros", refere o mesmo despacho.

A investigação foi realizada pelo Ministério Público no Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação da Diretoria do Coimbra da Polícia Judiciária.


2017-07-15

OURÉM_MUNICIPIO DE OURÉM ENTREGA EM CASTANHEIRA DE PÊRA BENS RECOLHIDOS NO CONCELHO

O Município de Ourém, através do Serviço Municipal de Proteção Civil, deslocou-se esta semana a Castanheira de Pêra, para entrega dos bens doados pela comunidade oureense durante as Festas da Cidade com a colaboração dos Agrupamentos de Escuteiros 682-Fátima e 977-Ourém, bem como os que foram entregues na Escola Básica e Secundária de Ourém, EB2/3 D. Afonso IV Conde de Ourém e na Secção dos Bombeiros Voluntários de Ourém na Freixianda.

2017-07-15

TORRES NOVAS_PS RECOMENDA AO GOVERNO MEDIDAS PARA DESPOLUIÇÃO DA RIBEIRA DA BOA ÁGUA

Os deputados do PS eleitos por Santarém entregaram no parlamento um projeto de resolução que recomenda ao Governo que promova a identificação das fontes poluidoras da ribeira da Boa Água, em Torres Novas, e medidas para despoluição.

Os deputados lembram que a ribeira da Boa Água, um afluente do rio Almonda, “apresenta preocupantes focos de poluição e mau cheiro”, situação que “conduz a um alarme social e a preocupações no ambiente, na economia e na saúde pública”.

Os deputados Hugo Costa, António Gameiro e Idália Serrão sublinham ainda o facto de este tema mobilizar a comunidade e os autarcas locais, referindo, nomeadamente, a existência de uma petição que reuniu 5.700 assinaturas.

2017-07-15