mynews

FÁTIMA_SANTUÁRIO VAI REUNIR-SE COM MINISTÉRIO DA SAÚDE

Os responsáveis pelo Santuário de Fátima vão reunir-se com o Ministério da Saúde “o mais rapidamente possível”, disse hoje o secretário de Estado da Saúde, destacando a ”preocupação acrescida” da instituição com os aglomerados de pessoas no recinto.

“Já chegou um pedido de reunião ao gabinete por parte da instituição, o que revela bem a preocupação acrescida e com certeza que reuniremos o mais rapidamente possível”, disse António Lacerda Sales na conferência de imprensa regular de atualização dos números da covid-19 em Portugal, depois de ter sido questionado sobre o aglomerado de pessoas que esteve no domingo no Santuário de Fátima.

O acesso ao Santuário de Fátima, foi bloqueado no domingo quando o complexo religioso atingiu a lotação máxima permitida no contexto da pandemia de covid-19, disse a porta-voz da instituição.

O secretário de Estado afirmou que a igreja católica teve, num passado recente, “um comportamento exemplar e de diálogo constante e permanente com as autoridades de saúde”.

“Estou convencido que o que se passou ontem [domingo] foi que a instituição não estaria com certeza à espera, porque não era habitual em outros anos, ter tanta gente e provavelmente quando se apercebeu do número de pessoas bloqueou as entradas. A própria instituição já veio reconhecer este facto”, sublinhou.

O secretário de Estado disse ainda ser importante que no próximo dia 13 de outubro, quando se realiza mais uma peregrinação, a instituição esteja “devidamente prevenida e preparada”, devendo programar essa data “de forma a garantir a segurança da comunidade e a respeitar a Direção-geral da Saúde”.

2020-09-15

ALVAIÁZERE_ALVA CANTO ACADEMIA DE MÚSICA EM INSCRIÇÕES ABERTAS

A Alva Canto – Associação de Cultura criou a “Alva Canto Academia de Música”, que se pretende afirmar como uma escola de referência no ensino da música.

No presente ano letivo vão estar em funcionamento cursos livres e cursos que estão estruturados de acordo com o currículo oficial, alicerçados no contrato-programa de desenvolvimento cultural “Música para todos”, celebrado com o Município de Alvaiázere.

Relativamente ao ensino de tipo oficial, a autarquia suportará entre 95% e 50% da propina dos alunos (em função do respetivo escalão da Segurança Social), facilitando-se, dessa forma, o acesso transversal das crianças e jovens do concelho a uma tipologia de ensino de enorme qualidade e que os prepara para os exames do conservatório.

Assim, as crianças com idades entre os 5 e os 10 anos pagarão uma mensalidade de €3,50, €17,50 ou €35,00, consoante sejam beneficiárias, respetivamente, do escalão 1, 2 ou 3. Da mesma forma, para os jovens entre os 11 e os 18 anos, as propinas mensais variarão entre os €4,00 e os €40,00.

Esta modalidade de ensino integra o ensino de três disciplinas, nomeadamente, formação musical, classe de conjunto e instrumento (guitarra, piano ou violino).

Os cursos livres podem ser frequentados por pessoas de qualquer idade, sendo o currículo adaptado aos interesses de cada aluno, sendo apenas ministrada a formação em instrumento. As aulas individuais têm uma propina mensal de €60,00 e no caso de serem em grupos de dois alunos, a mesma será no valor de €40,00.

A coordenação pedagógica da Alva Canto Academia de Música é da responsabilidade do Conservatório de Artes da Canto Firme, uma das mais prestigiadas instituições ligadas ao ensino artístico da região.

Para mais informações consulte a página da Alva Canto – Associação de Cultura em www.alvacanto.pt.

2020-09-15

OURÉM_LANÇADO ANÚNCIO DO CONCURSO PÚBLICO RELATIVO À REQUALIFICAÇÃO DA RUA NEVES ELISEU E DR. FRANCISCO SÁ CARNEIRO

Foi aprovado, em reunião de câmara, o anúncio do Concurso Público relativo à Requalificação da Rua Dr. Neves Eliseu e Dr. Francisco Sá Carneiro, em Ourém. Esta requalificação de fundo inclui, entre outros trabalhos, demolições, remoções, desmontagens, abates e relocalização de infraestruturas.

Contempla ainda, para além da rede viária e estacionamento, redes de rega, sinalização, mobiliário urbano, rede de pluviais e saneamento, drenagem de águas residuais e subterrâneas, rede de gás, elétrica ITUR e abastecimento de água. Mas também aspetos diferenciadores como a implementação de uma Wi-fi box numa área lúdica e de lazer, assim como um posto de carregamento de veículos eléctricos.

Este projeto, apresentado na Reunião de Câmara pelo responsável pela divisão de projetos técnicos da Câmara Municipal de Ourém, deixa transparecer uma clara aposta na mobilidade suave, contemplando a criação de rede pedonal e ciclovia (com ligação à zona ribeirinha), bem como um amplo e demarcado corredor verde, num valor base de procedimento de 2 555 683,07 €, suportado integralmente com capitais próprios.

2020-09-15

OURÉM_CÂMARA APROVA AQUISIÇÃO DE 14 HECTARES NA FUTURA ZONA INDUSTRIAL DA FREIXIANDA

Foi aprovado na última Reunião da Câmara, a aquisição de 14 hectares de terreno, com vista à implantação da futura Zona Industrial da Freixianda pelo o valor de aproximadamente 81 mil €.

Nas palavras do Presidente da Câmara, trata-se de “uma área empresarial muito importante para o norte do concelho de Ourém (...) para mais numa zona considerada de baixa densidade e que, por isso, potencia e beneficia as empresas que optem por aí se sediar”.

É também intenção do município apresentar, até ao dia 31 de outubro, uma candidatura a um aviso a decorrer para parques industriais, com a expectativa de que, caso seja aprovada, possa ser iniciada, no curto prazo, a primeira fase das obras estruturais da referida zona industrial.


2020-09-15

MÉDIO TEJO_PROIBIDO FUMAR NAS INSTALAÇÕES INTERIORES E EXTERIORES DO CENTRO HOSPTALAR

A partir de 15 de setembro é proibido fumar nas instalações, interiores e exteriores do CHMT. O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, E.P.E. emitiu uma Circular Normativa, a instituir a proibição de fumar nas instalações desta Instituição hospitalar, nos termos previstos na al. d) do n.º1 do artigo 4º da Lei n.º 37/2007.

Na Circular Normativa, aprovada no dia 11 de setembro de 2020, pode ler-se que “a presente proibição abrange todos os espaços das 3 Unidades hospitalares que compõem o CHMT, incluindo-se os espaços ao ar livre interiores e exteriores”, sendo esta proibição “motivada pela necessidade de adoção de medidas de prevenção do contágio por SARSCOV-2”.

Segundo o documento “pretende-se evitar as aglomerações nos locais de fumo habituais, prevenindo o contágio através de gotículas respiratórias que podem conter carga viral, considerando ainda que se verificam ajuntamentos de fumadores em determinados espaços ao ar livre que constituem parte integrante das instalações hospitalares.

Esta questão possui ainda maior relevância, uma vez que no ato de fumar verifica-se ausência de equipamento de proteção individual (máscara), potenciando assim o risco de contágio”.


2020-09-15

FÁTIMA_BOMBEIROS DE FÁTIMA APRESENTARAM 7 NOVAS AMBULÂNCIAS

A frota dos Bombeiros Voluntários de Fátima conta agora com seis novas ambulâncias de socorro e uma ambulância de transporte de doentes, aquisições possíveis graças ao contributo da comunidade local e das comunidades portuguesas no estrangeiro, além do apoio disponibilizado por instituições públicas e privadas. Além da apresentação das novas ambulâncias, o momento ficou marcado pela apresentação do novo hino dos Bombeiros Voluntários de Fátima.

O dia foi de festa para a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fátima, com a realização de uma cerimónia de bênção no Santuário de Fátima onde foram apresentadas as sete novas viaturas da corporação. A cerimónia iniciou com uma oração presidida pelo Cardeal D. António Marto, seguida da bênção das novas ambulâncias, momento acompanhado pelo Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque, pelo Presidente da Assembleia Municipal, João Moura, pelo Presidente da Junta de Freguesia de Fátima, Humberto Silva e pelo Bispo das Forças Armadas e de Segurança, D. Rui Valério, entre outras individualidades.

O Cardeal D. António Marto deu início às intervenções oficiais e sublinhou os valores que estão na base da ação de todos os bombeiros, o que os torna “verdadeiros heróis a quem muito devemos”. O Presidente da Direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fátima, Amorim Gonçalves, fez um agradecimento a todas as pessoas e entidades que contribuíram para a aquisição das novas viaturas e salientou a importância do novo quartel da corporação, projeto que gostaria de ver concluído até às Jornadas Mundiais da Juventude, em 2023, mas lamentou a inexistência de apoios governamentais para a prossecução deste objetivo. Seguiu-se a intervenção de Jaime Marta Soares, Presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, que, mais uma vez, enalteceu a qualidade e perseverança dos Bombeiros Voluntários de Fátima.

O Presidente da Câmara Municipal de Ourém encerrou as intervenções oficiais e sublinhou “o imenso orgulho” que sente relativamente às corporações de bombeiros concelhias, sublinhando o trabalho da Direção dos bombeiros fatimenses. Dirigiu um agradecimento a todos aqueles que apoiam os bombeiros e ao Santuário de Fátima e lembrou a intervenção
da Câmara Municipal junto dos Bombeiros Voluntários de Fátima, que nos últimos três anos traduziu-se num apoio financeiro na ordem dos 800 mil euros. A finalizar, garantiu a disponibilidade da autarquia para continuar a apoiar os bombeiros, dentro das suas possibilidades, nomeadamente na construção do novo quartel há tanto ambicionado.

Seguiu-se uma visita ao local da futura infraestrutura de proteção e socorro ao serviço da população fatimense, momento que foi aproveitado para assinalar o 17º aniversário da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Fátima, efeméride que deveria ter sido celebrada em junho, mas as condicionantes da Covid-19 não o permitiram.



2020-08-20

FÁTIMA_PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL DE AGOSTO TERMINA HOJE NO SANTUÁRIO

A Peregrinação Internacional de agosto termina hoje, no Santuário de Fátima, sendo a primeira em que estão registados grupos estrangeiros após o início da pandemia.

A Peregrinação Internacional, que começou na quarta-feira, integra também a Peregrinação Nacional do Migrante e Refugiado, sendo normalmente esperados milhares de emigrantes portugueses que aproveitam as férias de verão para se deslocar a Fátima.

A celebração na Cova da Iria é a primeira grande peregrinação aniversária após o início da pandemia de covid-19 em que foram registadas inscrições de grupos estrangeiros.

A celebração é presidida pelo bispo de Santarém e presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e da Mobilidade Humana, José Traquina.

Na quarta-feira, durante a homilia, o bispo de Santarém defendeu que os estrangeiros são "uma necessidade e um bem" para Portugal e não devem ser "explorados ou maltratados".

Durante a homilia, José Traquina afirmou que os estrangeiros devem ser “acolhidos e protegidos com a mesma respeitabilidade” que se deseja para os portugueses que “vivem em qualquer outro país”.

“Devem ser informados acerca das nossas regras e hábitos de convivência, mas também ter as condições para expressarem a sua cultura”, acrescentou.

O bispo disse ser desejável que os Secretariados Diocesanos para as Migrações “desenvolvam iniciativas que tenham a ver com os migrantes portugueses no estrangeiro e também com os migrantes estrangeiros residentes em Portugal”.

De acordo com um relatório recente do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, há mais de 590 mil estrangeiros a residir em Portugal.

“Esta é uma realidade para a qual a pastoral da Igreja tem de estar atenta para acompanhamento e apoio”, frisou José Traquina.

Com um recinto com mais de 30 mil metros quadrados, há voluntários a monitorizar a distribuição das pessoas no local, por forma a garantir o necessário distanciamento físico.

O uso de máscara não é obrigatório, mas recomendado, havendo avisos sonoros de meia em meia hora em várias línguas a recordar as medidas preventivas face à pandemia.

A peregrinação termina durante a manhã, com a Procissão do Adeus, após a missa, prevista para as 10:00.

2020-08-13

OURÉM_MUNICÍPIO OFERECE MAIS EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL ÀS INSTITUIÇÕES SOCIAIS DO CONCELHO

A Câmara Municipal de Ourém reforçou os equipamentos de proteção individual junto das Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho de Ourém, oferecendo mais 10 mil máscaras, 10 mil pares de luvas e 300 litros de álcool-gel.

O Presidente Luís Miguel Albuquerque aproveitou a presença dos dirigentes das instituições no Plenário do CLASO, realizado esta quarta-feira, no Multiusos da Escola Básica e Secundária de Ourém, para entregar o material em questão, cuja aquisição representa um investimento a rondar os 10 mil euros, ao qual acrescem os cerca de 238 mil euros aplicados numa primeira fase, com este mesmo propósito.

2020-08-13

ABRANTES_O SERVIÇO DE ORTOPEDIA REGRESSA À UNIDADE HOSPITALAR DE ABRANTES

O Serviço de Ortopedia do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) regressou à Unidade Hospitalar de Abrantes com todas as suas valências, anunciou a instituição, quatro meses depois da transferência para Tomar devido ao plano de contingência da covid-19.

"Depois de quatro meses a funcionar na Unidade Hospitalar de Tomar, o Serviço de Ortopedia volta à Unidade Hospitalar de Abrantes em todas as suas valências, ou seja, urgência, internamento e cirurgia", deu hoje conta a administração do CHMT, relativamente a um regresso que "marca o fecho do ciclo de transferências de serviços realizadas durante o período mais crítico do plano de contingência" relativo à pandemia da covid-19.

Em nota de imprensa, o CHMT indica que "o retorno do Serviço de Ortopedia à Unidade Hospitalar de Abrantes faz-se perspetivando, a médio prazo, um aumento do número de camas para cirurgia ortopédica programada", situação que "permitirá diminuir a pressão sobre as situações de ortotrauma" e, acrescenta, "retomar com maior expressão a atividade cirúrgica e reduzir (...) os tempos de espera para a realização de cirurgia ortopédica".

Constituído pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, separadas geograficamente entre si por cerca de 30 quilómetros, o CHMT funciona em regime de complementaridade de valências, abrangendo uma população na ordem dos 260 mil habitantes de 11 concelhos do Médio Tejo, no distrito de Santarém, Vila de Rei, de Castelo Branco, e ainda dos municípios de Gavião e Ponte de Sor, ambos de Portalegre.

2020-08-13

OURÉM_PRISÃO PREVENTIVA PARA HOMEM DE 67 ANOS SUSPEITO DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Um homem de 67 anos foi detido na terça-feira e ficou em prisão preventiva por ser suspeito de violência doméstica contra a mulher de 64 anos, em Ourém, distrito de Santarém, avançou hoje a Guarda Nacional Republicana (GNR).

No âmbito da investigação do crime de violência doméstica, os militares da GNR verificaram que “o suspeito agrediu física e psicologicamente, de forma reiterada, durante os 47 anos de casamento, a sua mulher de 64 anos, ameaçando-a de morte constantemente”.

Com antecedentes criminais pelo crime de homicídio, na última ocorrência registada, o homem de 67 anos “ameaçou de morte a vítima com recurso a uma faca com 20 centímetros de lâmina”, mas acabou por não concretizar por ter sido desarmado por familiares que acorreram ao local, referiu a GNR.

Em comunicado, esta força de segurança adiantou que o detido foi presente, na terça-feira, no mesmo dia da detenção, ao Tribunal Judicial de Santarém, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

2020-08-12

OURÉM_DETIDO JOVEM DE 22 ANOS POR CULTIVO DE ESTUPEFACIENTES

O Comando Territorial de Santarém, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Tomar, deteve no passado dia 30 de julho, um homem de 22 anos, por cultivo de estupefacientes, em Ourém.

No âmbito de uma investigação, a decorrer há cerca de dois meses, por cultivo de cannabis, os militares da Guarda deram cumprimento a quatro mandados de busca domiciliária, nas localidades de Fontainhas, Gondemaria e Ourém.

Das buscas domiciliárias resultou o desmantelamento de uma estufa “indoor” e a apreensão de diverso material como
Três plantas de cannabis de grandes dimensões que se encontravam no interior de estufa “indoor”;
Diversos equipamentos de iluminação “HPS”, tubagens de extração de gases, ventoinhas e transformadores de potência elétrica;
Vários fertilizantes usados no cultivo das plantas.

O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Ourém.

A ação contou com o reforço do Destacamento Intervenção (DI) de Santarém e com o apoio da Polícia de Segurança Pública (PSP).


2020-08-01

MÉDIO TEJO_PROTOCOLOS FORMALIZAM ARRANQUE DOS GABINETES DE APOIO AO EMIGRANTE

A reunião do Conselho Intermunicipal desta quinta-feira, dia 30 de julho, ficou marcada pela assinatura dos protocolos celebrados com a Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas e os municípios da região do Médio Tejo, que têm como objetivo a constituição dos Gabinetes de Apoio ao Emigrante (GAE).

O momento foi formalizado na Câmara Municipal de Ourém, local escolhido para a reunião deste Conselho, na presença da Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, e dos autarcas que entrarão nesta fase no processo.

De salientar que os municípios de Ourém, Sardoal e Vila de Rei foram os primeiros a dispor de Gabinetes de Apoio ao Emigrante, os quais se encontram a funcionar em pleno nos seus territórios.

Atualmente, e após esta formalização, o Médio Tejo ficará, praticamente, abrangido pela existência destes gabinetes, que se revestem de grande importância.

Segundo o portal das Comunidades Portuguesas, os GAE destinam-se a todos os portugueses que estão emigrados, aqueles que já regressaram, assim como todos os cidadãos que pretendam iniciar um processo migratório.

No que diz respeito a objetivos, os GAE deverão informar todos os portugueses dos seus direitos sobre os países de acolhimento, apoiar no regresso e reinserção em Portugal, contribuindo para a resolução de eventuais problemas, de forma rápida, gratuita e personalizada, facilitando o seu contacto e articulação com outros serviços da Administração Pública Portuguesa.

De referir que os GAE estão tecnicamente habilitados para tratar de assuntos de segurança social estrangeira, comunitária e extracomunitária, acompanhamento de processos em todas as questões do âmbito da segurança social, tais como: Pedidos de pensões de velhice, invalidez e sobrevivência; Prestações de acidentes de trabalho; Prestações de Abono de Família e desemprego; Prestações de previdência profissional - 2º LPP (Fundos – Suíça); legalização de viatura e isenção de Imposto automóvel, por ocasião de transferência definitiva de residência para Portugal; equivalência de estudos Reconhecimento/Equivalência de Habilitações Literárias adquiridas no estrangeiro, dupla-tributação; informação jurídica geral; estatuto do Residente Não Habitual em Portugal; aconselhamento a quem queira emigrar no âmbito da Campanha Trabalhar no Estrangeiro; investimento - Orientação para a criação de empresas na região, em articulação com os Gabinetes de Apoio ao Investidor/ Empreendedor dos Municípios; os GAE promovem ainda a articulação com outras entidades e instituições, auxiliando na resolução de outros assuntos.

Atualmente, encontram-se em funcionamento 144 GAE no país.

2020-08-01

OURÉM_MUNICÍPIO APOIA MOVIMENTO ASSOCIATIVO COM 300 MIL EUROS

O Município de Ourém vai apoiar o movimento associativo do concelho com cerca de 323 mil euros.

Numa nota de imprensa, a Câmara de Ourém, no distrito de Santarém, informa que aprovou 50 das 53 candidaturas recebidas no âmbito do apoio ao movimento associativo, protocolando um total de 323.460 euros.

O valor, acrescenta a nota de imprensa, representa um incremento de cerca de 85% em relação ao ano anterior, “traduzindo o maior apoio alguma vez deliberado pelo Município de Ourém ao movimento associativo do concelho”.

O documento disponibilizado pela Câmara revela que para o desporto vão ser atribuídos 227.485 euros. O Clube Atlético Ouriense e o Centro Desportivo de Fátima são os maiores contemplados, estando estipulado um apoio de 49.500 euros e 41.500 euros, respetivamente.

O Município vai distribuir 92.575 euros por várias associações culturais, sendo a Academia de Música Banda de Ourém a receber a maior fatia (20 mil euros).

Os seis agrupamentos de escuteiros receberam 650 euros cada, num total de 3.900 euros.

Os critérios de atribuição sustentam-se no novo Regulamento de Apoio ao Associativismo, cujas normas foram aprovadas em 18 de junho, definindo índice, fórmula, pontos e ponderação dos programas de apoio a protocolar.

2020-07-21

ALVAIÁZERE_LOJA CTT REABRE NA SEGUNDA FEIRA

Os CTT vão reabrir a sua loja de Alvaiázere, na segunda-feira, anunciou hoje a empresa.

Segundo uma nota de imprensa, a loja CTT de Alvaiázere irá reabrir no mesmo local onde funcionava anteriormente, na Rua José Mendes Carvalho, 13, e estará aberta nos dias úteis das 09:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.

“Esta é a décima loja em sede de concelho a ser reaberta, no âmbito do compromisso público dos CTT de reabrir lojas únicas em sede de concelho, tendo em vista o reforço da elevada proximidade às populações e da capilaridade da rede, não procedendo, como já foi tornado público, a novos encerramentos”, refere a nota de imprensa.

Os CTT informam ainda que não existe um cronograma definido para a reabertura de lojas CTT, dado que é “necessária uma análise detalhada a todas as variáveis envolvidas para que se efetue a reabertura”.

Em causa estão o espaço, os recursos humanos envolvidos, a relação existente com os parceiros e autarquias e as oportunidades em cada uma das localidades, acrescenta a mesma nota.

Até ao momento da reabertura, as populações têm em cada local um posto de correio que presta todos os serviços do serviço público universal e ainda o pagamento de vales de pensões e faturas, garante ainda a empresa de distribuição postal.


2020-06-27

OURÉM_REUNIÃO DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE OURÉM

A sessão contou uma vez mais com a presença limitada do número de intervenientes na sala do antigo Edifício dos Paços do Concelho, no estrito cumprimento das diretrizes emanadas pela Direção Geral da Saúde, e com recurso aos meios digitais foi possível contemplar a participação do Executivo Municipal, Presidentes de Junta de Freguesia e Deputados municipais, assim como, a participação pública dos munícipes, como habitualmente.

No período antes da ordem do dia, o Presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Miguel Albuquerque apresentou na sua intervenção, entre outros assuntos, um resumo de algumas das estratégias delineadas e ações executadas pelo Município, no âmbito da pandemia de Covid 19, com o objetivo de minorar as dificuldades emergentes a nível social e económico dirigidas prioritariamente às famílias, IPSS, Bombeiros e Empresas concelhias.

Houve também oportunidade para os jovens oureenses, vencedores da AJO 2020 (Assembleia Jovem de Ourém), apresentarem, via videoconferência, os projetos vencedores aos Deputados Municipais:

O primeiro escalão, do 2º e 3º ciclos, acabou por ter duas propostas vencedoras, dada a grande proximidade no número de votos. O prémio foi para os projetos “Fátima, Cidade da Paz” do Colégio do Sagrado Coração de Maria e para o “OurenArt” do Colégio São Miguel.
A primeira ideia trata-se de uma escultura, em pedra calcária da região, com a palavra “Fátima” estilizada, a colocar perto do Santuário de Fátima e onde os turistas possam tirar fotografias. O segundo projeto consiste numa pintura mural dedicada à lenda da moura Oureana, a colocar à entrada da cidade de Ourém, acompanhada de um conjunto de peças artísticas com utilidade para a população oureense.
Na sessão do ensino secundário, a vitória foi para o projeto “A arte de agir” da Escola Básica e Secundária de Ourém. Esta ideia consiste na requalificação do jardim de Le Plessis – Trévise, na cidade de Ourém, usando como ferramenta a arte urbana (entre outras sugestões, também aqui é sugerido a instalação de uma escultura com o nome “Ourém” virada estrategicamente para o Castelo).

Já no período dedicado aos assuntos da ordem do dia, foi apresentado e aprovado por maioria (com 10 abstenções das bancadas do PS e MOVE) o Relatório de Gestão e Prestação de Contas do Município referentes ao ano económico de 2019. Pelo segundo ano consecutivo, o Município de Ourém voltou a apresentar resultados positivos, acontecimento registado pela última vez no ano de 2006. No presente documento foi apresentado um resultado positivo de 390 mil euros, depois dos 780 mil euros registados em 2018.

Seguiu-se a aprovação por unanimidade das propostas camarárias referente às medidas de apoio às instituições, famílias e empresas no âmbito da Pandemia de COVID-19, como a isenção do pagamento de taxas das esplanadas e toldos, durante os anos de 2020 e 2021, isenção do pagamento das taxas de publicidade, e intenção de redução da taxa de derrama.

A Assembleia Municipal de Ourém aprovou ainda, por maioria (com 8 abstenções da bancada do PS), a proposta de protocolo que prevê a requalificação do edifício do Mercado de Fátima, na qual está definida uma comparticipação municipal até cerca de 228 mil euros, num projeto já candidatado a fundos comunitários e que representa um investimento total na ordem dos 625 mil euros.

Destaque também para a aprovação por unanimidade do Regulamento Municipal de Uso de Fogo e de Limpeza de Terrenos, documento estratégico relevante para o Município, pois estabelece as normas e os procedimentos para o exercício de atividades que impliquem o uso do fogo, nomeadamente a realização de fogueiras, queima de sobrantes e queimadas, fogo técnico, utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, bem como as normas técnicas relativas à limpeza de terrenos, no interior dos aglomerados populacionais, no concelho de Ourém.

Igualmente aprovada por unanimidade foi a proposta camarária referente à plurianualidade do Centro de Recolha Oficial de Ourém (canil/gatil), antiga ambição do município que prevê um investimento de aproximadamente 455 mil euros + IVA, na construção da estrutura que será implementada junto ao edifício do Serviço Municipal de Proteção Civil e terá capacidade para acolher entre 14 a 21 cães e 15 a 48 gatos, consoante o tamanho dos animais. Está prevista a possibilidade de alargamento da estrutura, sendo possível a construção de dois blocos de celas adicionais que poderão triplicar a capacidade inicial das instalações.

Outro ponto relevante, sujeito a votação, foi a proposta camarária para a plurianualidade da despesa referente à construção do “Passadiço do Agroal”. Aprovada por unanimidade, esta intervenção, associada a fundos comunitários, resultará num investimento total de 380 mil euros, através da construção de uma estrutura enquadrada ecológica e paisagisticamente na margem esquerda do Rio Nabão, que fará a ligação entre as imediações do Parque Natureza e a Praia Fluvial do Agroal.

2020-06-27

MÉDIO TEJO_SERVIÇO DE MEDICINA INTENSIVA INTEGRA CARDIOLOGISTAS

Os cuidados de prestação clínica aos doentes críticos no Centro Hospitalar do Médio Tejo, são assegurados pelo Serviço de Medicina Intensiva(SMI), que sucede à anterior Unidade de Cuidados Intensivos (UCI). Este Serviço enquadra já médicos de várias especialidades, passando agora a integrar também médicos especialistas de Cardiologia, que exercem funções no CHMT, enquanto prestadores de serviços, informa a unidade hospitalar uma nota de impressa.

A integração dos Cardiologistas no Serviço de Medicina Intensiva, além de reforçar o carater multidisciplinar deste Serviço e a qualidade da prestação de cuidados aos doentes, permitirá que os únicos três médicos Cardiologistas do quadro do CHMT, EPE, possam assumir projetos de desenvolvimento e de diferenciação clínica do próprio Serviço de Cardiologia visando no futuro próximo aumentarem a diferenciação técnica do Serviço, atraindo mais jovens médicos.

Recorde-se que as últimas vagas atribuídas ao CHMT para a especialidade de Cardiologia têm ficado desertas, apesar de haver mais de dezasseis cardiologistas em prestação de serviço na Instituição, uma situação que torna ainda mais premente o intensificar de esforços para o enquadramento nos cuidados críticos da Cardiologia e o lançamento de novos projetos que passam pela diferenciação técnica do Serviço e aquisição de novos equipamentos, de forma a atrair mais médicos para o quadro do Serviço de cardiologia.

2020-06-27

COVID-19_FÁTIMA_SANTUÁRIO CONTABILIZA 24 INFETADOS E 334 PESSOAS TESTADAS

O Santuário de Fátima anunciou hoje que há registo de 24 positivos à covid-19 na instituição, depois de realizados 334 testes a todos os colaboradores e coralistas daquela organização religiosa.

“Terminados os testes a todos os colaboradores e aos coralistas do Santuário de Fátima, num total de 334 pessoas testadas, confirmam-se 24 casos positivos à covid-19. Todos os casos têm ligação ao coro do Santuário e os colaboradores da Instituição não têm qualquer contacto com os peregrinos. Os pacientes infetados encontram-se em casa, com o devido acompanhamento, e não inspiram, até à data, especiais cuidados. A todos desejamos uma rápida recuperação", refere uma nota de imprensa do Santuário.

No domingo, o Santuário tinha anunciado a existência de 16 colaboradores internos e externos infetados com covid-19.

Os 16 casos confirmados de covid-19 "têm ligação ao caso inicial, integram o coro do Santuário e não estiveram em contacto direto com os peregrinos", referia ainda a informação distribuída no domingo por aquela organização religiosa.

Hoje, numa atualização à nota de imprensa de domingo, o Santuário diz que, "seguindo as recomendações da Autoridade de Saúde, identificou já todos os contactos diretos com os pacientes infetados dentro da Instituição, enviando-os para casa, para cumprirem o isolamento profilático determinado nestas situações, ainda que tenham testado negativo".

"Analisados estes resultados, ouvida a autoridade de saúde competente, com quem o Santuário tem estado em total e estreita articulação, considera-se que o foco de infeção está circunscrito, não estando em causa a segurança e a saúde de colaboradores e peregrinos".

Desta forma, acrescenta, "com um esforço adicional de todos os colaboradores, que o Santuário regista com agrado, não se encerraram serviços e mantém-se todas as celebrações".

"O Santuário de Fátima continua a fazer tudo o que for necessário para garantir todas as condições de saúde e segurança de todos os colaboradores e peregrinos. Renovamos o pedido a todos quantos nos visitam para cumprirem as regras de distanciamento social e o uso de máscara nos espaços do Santuário fechados ou com muita gente. Continuaremos atentos e disponíveis para tomar as medidas adequadas e proporcionais às exigências de cada momento, num espírito de serviço e missão, em prol da segurança e da saúde de todos".

2020-06-24

COVID-19_FÁTIMA_SANTUÁRIO COM 16 CASOS ENTRE COLABORADORES INTERNOS E EXTERNOS

O Santuário de Fátima tem 16 casos de colaboradores internos e externos infetados com covid-19, segundo informou hoje a instituição religiosa católica em comunicado.

De acordo com o comunicado, na sexta-feira o Santuário de Fátima foi informado de que um colaborador estava infetado, pelo que deu indicação de isolamento profilático a todas as pessoas que estiveram em contacto com esse colaborador e de testes a todos os colaboradores internos e aos membros do coro.

"No sábado foram realizados 244 testes, dos quais resultaram 16 casos positivos e 228 negativos", lê-se no comunicado.

Os 16 casos confirmados de covid-19 "têm ligação ao caso inicial, integram o coro do Santuário e não estiveram em contacto direto com os peregrinos", refere ainda a informação.

Mesmo pessoas em que o teste deu negativo, mas estiveram em contacto com infetados, foram dispensadas para fazer isolamento profilático.

Mais 70 testes serão realizados esta segunda-feira.

O Santuário de Fátima termina o comunicado a apelar aos colaboradores e peregrinos para que cumpram integralmente as "regras de distanciamento social, bem como o uso de máscara, sempre que estiverem em espaços fechados e com muita gente".

Sobre os casos detetados de covid-19, refere que acionou de imediato o seu plano de contingência e que mantém um acompanhamento "rigoroso e permanente" da situação.

Devido à pandemia de covid-19, o Santuário de Fátima só abriu no fim do mês passado, tendo estado fechado mesmo em 13 de maio, a principal peregrinação anual, que foi realizada em pleno estado de emergência sem peregrinos no recinto.

As cerimónias com a assistência de fiéis regressaram no dia 30 de maio e a primeira peregrinação internacional desde o início da pandemia foi em 12 e 13 de junho.


2020-06-21

OURÉM_MUNICIPIO TEM A DÍVIDA MAIS BAIXA DESDE 2002

O Município de Ourém aprovou o Relatório de Gestão e Prestação de Contas do Município referente a 2019, com uma dívida total de 7,5 milhões de euros, o “valor mais baixo desde 2002”, disse o presidente.

O presidente da Câmara de Ourém, Luís Albuquerque adiantou aos jornalistas que o exercício de 2019 teve uma dívida de 7,5 milhões de euros, uma redução de 1,4 milhões de euros face a 2018.

“É um valor histórico e o mais baixo desde 2002”, sublinhou.

O autarca referiu ainda que, “pelo segundo ano consecutivo, o Município teve resultados positivos”, com um saldo de 390 mil euros.

Em 2018, o saldo tinha sido de 780 mil euros.

Em dezembro de 2019, a Câmara de Ourém, no distrito de Santarém, tinha disponível 9,5 milhões de euros. “Poderia pagar tudo e ainda sobrava dinheiro”, referiu Luís Albuquerque.

O presidente revelou ainda que a autarquia tem um resultado corrente positivo de 9,7 milhões de euros e 11,3 milhões positivos em relação ao orçamento corrente.

A capacidade de endividamento é de 35 milhões de euros.

O investimento total foi de 6,4 milhões de euros, “um aumento de quase 7% face a 2018”.

“De salientar que no nosso relatório temos 10,5 milhões de euros de amortizações contabilizadas e mesmo assim temos resultados positivos”, reforçou Luís Albuquerque.

2020-06-18

FÁTIMA_IMAGEM COMEMORATIVA DA SENHORA DE FÁTIMA TEM EDIÇÃO SOLIDÁRIA DE 25 MIL PEÇAS

Uma estatueta comemorativa do centenário da escultura da Senhora de Fátima vai ser lançada no mercado, na quinta-feira, com uma edição limitada de 25 mil exemplares e que inclui uma componente solidária.

Apresentada hoje no Centro Pastoral Paulo VI, em Fátima, a imagem será comercializada por 25 euros, revertendo por cada unidade um euro para apoio a crianças e jovens residentes no Centro de Ação Social do Santuário de Fátima – Casa São Miguel.

“Ao envolver as fábricas locais, este projeto valoriza um setor económico importante para Fátima, que é a sua indústria de artigos religiosos”, disse a presidente da Associação Empresarial Ourém-Fátima (ACISO), Purificação Reis, que enfatizou o valor de uma produção local certificada “exaltando o mais importante ícone mariano da atualidade”.

O fabrico e comercialização desta série de imagens da Senhora de Fátima (em poliestireno, do grupo dos termoplásticos) resultou de uma parceria da ACISO com a Imprensa Nacional – Casa da Moeda (IN-CM) e o Santuário de Fátima, cujo reitor, o padre Carlos Cabecinhas, participou também na cerimónia.

“Este projeto persegue um louvável objetivo social para o qual todos somos convidados a contribuir, não só através da aquisição da imagem, mas também através do forte empenho na sua divulgação e na sua comercialização”, afirmou Purificação Reis, realçando que idêntico fim comunitário “está também presente” no terço comemorativo do centenário das “Aparições de Fátima”, lançado em 2017 e ainda no mercado.

A dirigente salientou que as imagens da Senhora de Fátima e os terços “são os objetos que os peregrinos mais levam para suas casas” quando visitam o complexo mariano da Cova da Iria.

“A beleza e simplicidade da imagem, de cor única, pretende transmitir a paz e o despojamento, convidando à meditação, à oração e à celebração da fé”, explicou.

A iniciativa da associação empresarial contou com a assessoria do Santuário, na seleção de imagens e elaboração de textos para o livro que acompanha a estatueta, e a cedência por uma fábrica local de artigos religiosos de um protótipo em madeira que permitiu a conceção do molde para a reprodução da peça.

Numerada e com um selo holográfico de certificação da IN-CM, cada estatueta é acompanhada de um livro explicativo em sete línguas – Português, Espanhol, Francês, Inglês, Italiano, Alemão, Polaco – cujos textos são da autoria do diretor do Museu do Santuário de Fátima, Marco Daniel Duarte.

Intervieram igualmente na sessão o administrador da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Alcides Gama, e a diretora do Centro de Ação Social do Santuário de Fátima, Nanci Leite.

A produção da imagem comemorativa e do livro envolveu três empresas de Fátima, associadas da ACISO.

2020-06-17